Categoria: Educação

Qualidade do ensino fundamental em todo o país

Ministro Paulo Renato Souza diz que os cortes que o governo federal vai fazer no orçamento da educação não atingirão os Programas Merenda Escolar, Livro Didático e Dinheiro na Escola.

Secretaria de Educação Fundamental do MEC distribui os novos Parâmetros Curriculares Nacionais, os PCNs. Com o objetivo de orientar e garantir a qualidade do ensino fundamental em todo o país, os PCNs devem ser adaptados às características de cada região.

O Escola Brasil entrevista a assessora do MEC que coordenou a elaboração dos PCNs, professora Neide.

  • Mural: Parâmetros Curriculares Nacionais – data e horário dos módulos de Português e Ciências.

Jovens e adultos tem a chance de ter um futuro melhor realizando o exame do ENCCEJA 2020, dessa forma, eles terão a oportunidade de ter o seu diploma de conclusão do ensino fundamental e médio em mãos. Aproveite essa oportunidade do Governo Federal e realize a sua inscrição o quanto antes.

Experiência inovadora de trocar o livro didático pelo jornal leva o Centro de Ensino da Universidade Federal de Goiás a receber prêmio da Fundação Santista e do MEC. Professoras contam como o jornal pode vir a ser um instrumento de trabalho na sala de aula. Além de aprender com notícias, charges e fotografias, os alunos discutem temas relacionados à matemática, estudos sociais, ciências e português.

Luiz Alberto lê cartas da Promoção Nossa Escola.

Deu no Jornal – O Estado do Rio Grande do Norte tem mais de 17 mil adolescentes trabalhando como empregada e empregado doméstico. Desse total, 90% são meninas que saem do campo em busca de uma vida melhor. Em geral, não frequentam a escola e, quando estudam, têm um baixo rendimento. Sindicato da categoria no estado vai criar um disque-denúncia.

Diferenças entre a Educação do Passado e do Futuro

Diário da Mulher Online – Educação do passado X Educação do futuro: Qual é a melhor? A evolução da ciência e da tecnologia tornou os pais do século XXI muito diferentes dos pais do século passado. As crianças vão nascendo e crescendo com outros costumes, com modernidade e tecnologia, em um mundo cada vez mais informatizado. Isso as torna “precoces”, sabendo de tudo, diferente das crianças de antigamente, deixando os pais sem saber como agir.

O que as crianças aprendem hoje está diretamente ligado às suas vidas, seja por intermédio dos pais, com os colegas de escola ou na vida virtual que elas desenvolvem na privacidade dos seus quartos.

Porém esse excesso de informação deixa os pais – principalmente os de primeira viagem – em dúvida sobre como criar e educar seus filhos. Muitos deixam que eles se aventurem no mundo informatizado, considerando que essa é a tendência para o futuro. Outros preferem evitar muita tecnologia para que as crianças possam crescer de forma natural, aproveitando as coisas boas da vida, evitando o sedentarismo desde cedo, já que as pessoas “informatizadas”, sem dúvida, são as mais sedentárias.

Para uma boa educação, é importante que você tenha um ensino de qualidade, no entanto, sabe-se que isso tem um preço um pouco elevado, e nem todos tem condições para arcar com os custos. Por isso, existe o Educa Mais Brasil 2019, um programa que oferece bolsas de estudos de até 70% em todos níveis de escolaridade.

Há também outros programas que oferecem bolsas de estudos como o Quero Bolsa, entre outros. Dessa forma, você pode escolher o que mais se encaixa com você e o qual você segue todos os requisitos de participação.

Para acabar com os receios e com os questionamentos, pesquisas indicam que o melhor é conciliar por igual as brincadeiras normais com os videogames, computadores e tudo o mais. Conciliar e organizar horários para uso do pc e da bicicleta em um dia de sol é a melhor dica para ensinar o seu filho e educá-lo.

As crianças não podem viver dentro de casa trocando a diversão natural pelos botões, nem se privar da tecnologia para conseguir viver no mundo atual. Toda criança precisa saber o que é brincar de pega-pega, pedalar, aproveitar um playground, sem deixar de conhecer um computador, um videogame e um MP3, porque as brincadeiras fazem parte da sua infância e o ajuda nas descobertas e os eletroeletrônicos o ajudam a se preparar para sua vida futura.

Vamos cuidar dos nossos filhos para que não os percamos para o mundo virtual. A ciência e a tecnologia são boas sim, mas tudo na medida certa e nas horas certas.

A Importância da Leitura na Infância

Como incentivar seu filho a se habituar a ler desde cedo

O hábito da leitura é muito importante na formação de uma criança, pois ela é capaz de ensinar de uma forma leve e divertida. Ao ler, a criança é capaz de descobrir novos sentimentos, fazer associação das histórias com o mundo real e assim ampliar seus conhecimentos, além de se tornar mais criativa.

Mas esse hábito vem se perdendo ao longo dos anos. Uma pesquisa feita pela Reading is Fundamental, uma empresa norte americana, mostra que os contos já não são mais preferência entre as crianças, o sim assistir televisão e utilizar aparelhos como tablet e videogame. O estudo sobre o hábito de leitura em casa contou com a participação de mil pais, onde apenas 33% afirmaram ler para os filhos antes de dormir.

A leitura também ajuda o psicológico das crianças, como diminuir o sentimento de solidão e ativar as conexões cerebrais que estão ligadas aos hormônios do prazer e relaxamento, como se fosse uma espécie de meditação. Nunca é cedo demais para começar a desenvolver a imaginação da criança, os pais podem contar pequenos contos para os seus filhos desde quando são bebês.

Porém é preciso saber qual história é mais adequada para a idade, é assim também com os livros. Levar a criança a uma livraria e a deixar escolher é uma opção para atrair a atenção para o hábito de ler. Os pais devem sempre estar presentes nesses momentos que envolvem a leitura, pois assim essa rotina se torna mais prazerosa.

A importância de estimular as crianças a ler também está na escola

Os educadores também têm um papel importante na formação de um indivíduo, principalmente quando se trata da educação infantil. Muitas escolas de São Paulo possuem locais específicos para que os alunos possam ler e soltar a imaginação, como bibliotecas, midiatecas e por ai vai. E importante encontrar meios para que o hábito da leitura e escrita se torne interessante para as crianças, pois com o avanço da tecnologia isso fica cada vez mais difícil.

As revistas em quadrinhos são portas de entrada para despertar o interesse pela leitura. Filmes adaptados de livros também são importantes e super didáticos, por exemplo, após assistir a criança poderá sentir motivação para ler a obra e fazer comparações.

Viagens e passeios podem motivar a leitura, a história dos lugares podem instigar a criança a querer saber mais. Por onde for é importante comentar o quanto de curiosidades existem naquele local e dar alternativas de leitura para que busquem mais informações. Caso a criança ainda seja muito nova, mostre ilustrações ou algo mais lúdico.

Outra maneira interessante é realizar atividades baseadas na temática dos livros. Existem muitas revistas ou livros que os conteúdos sugerem algumas tarefas cognitivas. Assim a criança aprende o benefício da leitura e automaticamente a importância do processo de seguir orientações para a realização de uma atividade.

Conheça bem a criança, pois só assim saberá a melhor maneira de a incentivar a ler. Deixe que ela se expresse e assim novas abordagens criativas irão surgir automaticamente, a criança é uma caixinha cheia de aventuras e desejos distintos.

www.000webhost.com